segunda-feira, 25 de maio de 2015

Top 10- Filmes Nerds



Hoje é dia 25 de maio: também conhecido como dia da toalha ou dia do Orgulho Nerd. Para os que não sabem, o 1o nome refere-se ao Guia do Mochileiro das Galáxias, obra da literatura que tem na sua mitologia a toalha como item de sobrevivência essencial. Aproveitando a data, resolvi publicar um top 10-Filmes Nerds. Tanto filmes que julgo serem importantes para a cultura nerd, quanto filmes da mesma linha que adoro. Feliz dia da toalha!

Star Wars: Uma Nova Esperança (1977):

O filme mais nerd de todos os tempos, a saga mais pop do cinema, o blockbuster mais importante da história. Este são alguns dos títulos que Star Wars poderia receber, afinal pouquíssimas vezes na história do cinema uma franquia foi tão lucrativa. Sem falar de como os lucros continuam existindo, quase 40 anos depois do lançamento oficial nos cinemas. Misturando a jornada do herói de Joseph Campbell, filmes de Akira Kurosawa (a maior das influências, do filme A Fortaleza Escondida), filosofia cristã e efeitos especiais, Star Wars é um marco. E por mais que a maioria dos fãs prefiram a continuação (O Império Contra-Ataca), é inegável que após Uma Nova Esperança o cinema teve que se reinventar.
star wars
Adicionar legenda


Blade Runner (1982):

Se Star Wars é um dos maiores sucessos da história do cinema, Blade Runner é sua antítese. Recepcionado por uma bilheteria fraca, o filme demorou anos para que fosse reconhecido como uma obra-prima. Verdade seja dita: uma trama filosófica, em um filme extramemente sombrio e pessimista em relação ao futuro (válido lembrar que o filme foi lançado no mesmo ano que E.T), que mesclava ficção científica e noir (além de ter sido vendido erroneamente, visto que o trailer só mostrava as poucas cenas de ação), não podia ter obtido resultado diferente nas bilheterias. Se você não assistiu ainda, procure um dos cortes oficiais do filme (existem 5 versões diferentes) e maravilhe-se com a grande obra-prima de Ridley Scott.

blade runner cinema por nerds


O Senhor dos Aneis: A Sociedade do Anel (2001):

Por mais que seja impossível escolher o melhor filme da trilogia O Senhor dos Aneis, é inegável que A Sociedade do Anel é o filme que melhor retrata o universo criado por J.R.R Tolkien. Da direção de Peter Jackson (que começou dirigindo produções de horror, portanto: conhecia como ninguém o gênero de fantasia), à trilha sonora de Howard Shore: tudo tem como objetivo transportar o espectador para outro universo. Um grande sucesso, válido dizer. Afinal, não é todo dia que uma franquia consegue ganhar 17 prêmios Oscar.
senhor dos aneis


O Guia do Mochileiro das Galáxias (2005):

Admito que aqui estou pisando em terreno perigoso: amado por uns, odiado por outros, O Guia do Mochileiro das Galáxias é uma adaptação dos livros de Douglas Adams pro cinema. Trazendo para as telas o humor britânico, conceitos filósoficos que beiram o nonsense, personagens memoráveis e críticas ácidas a sociedade. Eu sou um dos que gostou da adaptação, mas concordo que muito do livro foi removido. Porém, ao meu ver: um filme que influencia espectadores a lerem a obra de Douglas Adams, merece todo o respeito do mundo.

o guia do mochileiro das galáxias


O Despertar dos Mortos (1978):

Segunda parte da Trilogia dos Mortos de George Romero, O Despertar dos Mortos é o filme de terror nerd definitivo. O longa-metragem conta a história de um grupo de sobreviventes, que fugindo do apocalipse zumbi abriga-se num shopping center. Criticando a sociedade de consumo (ao questionado pela mocinha, da razão pela qual os zumbis invadem o shopping, o protagonista responde "Para eles, este era um lugar especial. Trazendo momentânea alegria"), e trazendo um bom punhado de gore (sangues, tripas, e outras coisas higiênicas), o Despertar dos Mortos é o melhor filme de zumbis da história do cinema. Subgênero que recentemente, tem tomado conta do imaginário nerd. Tanto na literatura (Guerra Mundial Z), quanto na televisão (The Walking Dead).




Os Vingadores (2012):

Filmes de super-heróis tornaram-se fonte de lucro garantida para produtores, após o sucesso do 1o X-Men.  Assim, inúmeros filmes de personagens da Marvel e Dc foram lançados. Alguns excelentes (Batman- O Cavaleiro das Trevas, Superman), outros nem tanto (Elektra, Mulher Gato, Demolidor). Mas até então, ninguém havia tentado botar um dos super-grupos da elite dos quadrinhos juntos na tela dos cinemas. Até chegar 2012, com Os Vingadores. Filme dirigido por Joss Whedon (criador de Buffy e de Firefly), que mostrou aos produtores que com um roteiro competente, é possível fazer um bom filme com inúmeros super heróis dividindo tela. Não acho que seja  uma obra-prima (gosto muito mais da continuação), mas inegávelmente é importante para o cinema de super-heróis. Além claro, de ser a 4a maior bilheteria da história do cinema.

critica os vingadores


Jornada nas Estrelas: a Ira de Khan (1982):

Desde sempre, os fãs de Jornada nas Estrelas brigam com os fãs de Star Wars, mas há de se convir que as  franquias são muito diferentes uma da outra. Enquanto Star Wars apostava nos efeitos e na ação, Jornada nas Estrelas investia nos diálogos filosóficos e no desenvolvimento de personagens. A sua franquia cinematográfia é errante (alguns dos filmes são realmente ruins), mas é consenso entre os fãs que A Ira de Khan é a obra-prima da saga. Apresentando ao mundo um vilão carismático (o Khan de Ricardo Montalban, é ameaçador e caricato na medida certa), e com um roteiro corajoso, o filme influenciou até mesmo as novas produções da franquia, dirigidas por J.J Abramms.

critica cinema


De Volta Para o Futuro (1988):

Assim como George Lucas, Steven Spielberg é um grande investidor. Produzindo e dirigindo alguns dos filmes mais lucrativos dos anos 80 (Gremlins, Poltergeist, E.T), De Volta Para o Futuro foi uma de suas apostas. Trazendo para o cargo de diretor, o criativo Robert Zemeckis, Spielberg basicamente tornou pop a viagem no tempo. Se hoje em dia são incontáveis os filmes que possuem esta como tema, isso se deve pelas aventuras de Marty Mcfly (Michael J.Fox). Mesclando ficção científica, comédia e aventura como poucos, De Volta Para o Futuro é um filme fantástico.
de volta para o futuro

Scott Pilgrim Contra o Mundo (2010):

Mesclando música, quadrinhos, cinema e games, Scott Pilgrim é o filme que melhor traduz a influência da cultura pop na vida de um jovem. Contando a história de Scott (Michael Cera), que se apaixona por Ramona (Mary Elizabeth Winstead). Que para poder se relacionar com a moça, terá que enfrentar seus 8 ex-namorados malignos. Dirigido por Edgar Wright, o filme tem um timing cômico excelente, uma trilha sonora fantástica, um elenco inspirado (repare no colega de quarto gay, Wallace) e algumas das mais criativas lutas que o cinema já mostrou. Uma pena que foi um fracasso de bilheteria, mas que em pouquíssimo tempo tornou-se um cult. Deveras merecido.

cinema por nerds


Matrix (1999):

Por fim, um dos filmes mais influentes da história do cinema. Depois de Matrix, todo o cinema de ação e ficção científica teve que se reinventar. Todo o mérito é dos Irmãos Wachowski (que depois dirigiram o subestimado Cloud Atlas). Que misturando kung fu, filosofia, cyberpunk, jornada do herói, criaram um dos maiores fenômenos que já surgiram no cinema. Uma pena que suas continuações não chegaram nem aos pés do mindblow que foi o 1o filme. Isso não torna este um filme pior, que merece estar nesta lista. Afinal, quem nunca tentou desviar de balas como Neo (Keanu Reeves)?

matrix cinema por nerds




Que filme nerd você acha que faltou?