quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Pensamentos e previsões sobre Transformers 4 (2014)

Além de renovar o elenco humano - já que Shia LaBeouf desistiu do papel do protagonista Sam Witwicky - Brian Goldner, o chefe da Hasbro - empresa que fabricou os bonecos nos quais os filmes foram baseados - revelou ao site TFW2005 que houve uma queda na venda dos brinquedos da franquia depois do ruim O Lado Oculto da Lua (leia a crítica aqui) ser lançado. Assim, a estratégia é usar um novo elenco robótico pra ver se dá um up nas vendas dos bonecos.


"Transformers 4 terá um elenco novo de personagens [robôs] e a história será centrada nestes", disse Goldner. O que nos leva a crer que - apesar do primeiro e até agora único poster divulgado - Optimus terá menor destaque.
É o Optimus no poster, né?

A direção vai continuar sendo de - oh, fuck... - Michael Bay, e o roteiro, de Ehren Kruger (O Chamado 1 e 2, Transformers 2 e 3, entre outros).

A estreia está prevista pra Junho de 2014, com as filmagens começando assim que Michael Bay terminar Pain & Gain, seu próximo filme.

A ideia de Transformers 4 era fazer uma "sequência-reboot". Ou seja...dar uma nova origem à franquia (já que esse é o conceito de reboot), e, ao mesmo tempo, fazer uma sequência. Isso é possível?
Sim. É possível. Na verdade, é tão possível que eles já  fizeram isso em A Vingança dos Derrotados e em O Lado Oculto da Lua!






Spoilers ahead. Não que alguém deva ligar pra spoilers de Transformers, mas whatever, tá aqui o aviso.

Afinal, segundo o primeiro filme (de 2007), os Transformers vieram para a Terra procurando a All-Spark, mas na Vingança dos Derrotados (2009), eles nos revelam que eles estiveram aqui desde a pré-história. E, olha só, em O Lado Oculto da Lua (2011), eles sempre estiveram na Lua. Os roteiros são tão sem criatividade que precisaram inventar novas introduções e novas origens, o que já fizeram dos dois filmes subsequentes "sequências-reboot". Então, o que esperar de Transformers 4? Simples, o mesmo exercício de idiotice recheado de explosões que foram os outros, ainda mais porque o diretor continua sendo Michael Bay. E tudo que tem dedo do Bay é de qualidade discutível.

Mas ainda assim, devo parabenizar a Hasbro pela sinceridade. O cara falou na cara dura que essa merda só continua porque os caras querem dinheiro. Lembremos que G.I. Joe - A Origem de Cobra (2009) e Battleship - A Batalha dos Mares (2012) também são baseados em coisas da Hasbro. E todas essas produções tem em comum o fato de serem o Cinema Comercial em sua forma mais vagabunda, tendenciosa e emburrecedora.

Agora eles admitiram abertamente que tudo o que eles querem é o dinheiro daqueles que se dispõem a pagar pra assistir esses lixos cinematográficos e comprar os bonequinhos depois.

E o melhor é que, quando há falha, não é porque os filmes são ruins. Alguém lembra de quando Peter Berg - diretor de Battleship - culpou Os Vingadores pelo fracasso que foi seu filme?